Desde 2008 levando sua brincadeira a sério!

Airsoft 01/12/13 – Jogos em Real Action – Nivel Básico

Posted by on 26 nov, 2013 in Notícias | Comentários

Airsoft 01/12/13 – Jogos em Real Action – Nivel Básico

Introdução ao Real Action

 

Percebemos que o Real Action ainda é um grande tabu quando falamos em fazer um jogo nessa modalidade, porem a proposta da base “City” tanto para airsoft, quanto para paintball, é o Real Action, então para economizarmos tempo e ir aos poucos inserindo o conceito de RA e suas regras no comportamento e no conhecimento do jogador, vamos fazer isso de maneira paulatina, graduando progressivamente a cada jogo.

Para não nos estendermos demais na escrita, sejamos objetivos e direto, e vamos tratar as regras para esse próximo jogo, como R.A NÍVEL BÁSICO – se a idéia der certo, pretendemos dividir as regras em níveis: básico, intermediário e avançado. Desta forma também ajuda os jogadores de R.A escolherem se querem jogar algo mais básico, sabendo das suas limitações nesta transição – que achamos deveras importante para o crescimento da modalidade – também pedimos esta ajuda com a presença dos mais experientes na modalidade para nos ajudar a difundir e prolongar o Real Action em São Paulo.

 

Regras Real Action – nível básico

 

– O numero de bbs será equivalente a capacidade de mags de armas reais, ou seja, 30 bbs ( cada magazine) para armas longas  e 15 bbs (cada mag) para armas curtas, podendo-se carregar quantos mags desejar.

– Nesse nível não serão exigidos real caps, podendo ser utilizado qualquer tipo de mag.

– Obrigatoriedade da existência da figura do especialista “medico”, onde necessariamente devera ter um medico para cada grupo de cinco operadores, e este será responsável por carregar consigo o kit medico e atender a todos os feridos.

– Endente-se por “ferido”, aquele jogador que for atingido por bb em seu braço ou perna, salientando que quando for atingido no braço o jogador não poderá movimentar o braço ferido mas pode andar/correr normalmente, já ao que tange o ferimento na perna, o mesmo não poderá andar/correr, deverá ir ao chão e se arrastar ate o abrigo, e em ambas situações, o jogador deverá solicitar a presença do medico

– O medico deverá  atender aos pedidos de socorro e, munido das talas fornecidas pela organização, colocar as curtas no cotovelo, e as longas no joelho do ferido, o que dificultará os movimentos do mesmo, como se fossem ataduras reais, podendo tão somente após isso, que o jogador retome suas atividades no combate.

– Após o uso das talas, ao final das partidas, essas devem ser restituídas ao especialista medico, que por sua vez fica encarregado de devolve-las à organização.

– Sugerimos ao especialista medico que porte consigo uma mochila ou drop mag para facilita-lo a carregar as talas.

– O correto uso das talas será demonstrado no briefing inicial.

– Se o disparo atingir a região do garrafão (tórax, cabeça) o jogador deve se considerar morto e dirigir-se ao Safety Zone com pelo menos uma das mãos levantada, verbalizando em alto som que esta morto, bem como colocar o pano vermelho sobre a cabeça.

– É fortemente recomendado que o jogador carregue consigo apito esportivo para usar em caso de acidentes, uso de lanternas, capacete, colete, half mask e luvas.

As regras gerais que praticamos no dia a dia no CTTR permanecem sem alteração; http://www.cttr.com.br/regras-basicas-para-airsoft-do-cttr/

missão: CONTRACTOR MISSION

 

Estamos implantando em nosso “Menu de Missões”, essa nova, a qual será realizada pelo menos em duas oportunidades no próximo domingo (cada equipe joga ao menos uma vez em cada função) a qual consiste em:

Serão duas equipes com mesmo numero de jogadores.

Uma equipe será formada por um numero “X” de pessoas, onde cerca de 20% das pessoas devidamente armadas,  exercerão a função de “PMCs” (Private Military Contractors) e os demais (soldados recém inseridos no território civilmente), todos desarmados, porem equipados e carregando consigo a própria munição, formarão a futura força americana.

 

Os PMCs armados deverão garantir a segurança e deslocamento de todo grupo em busca de um determinado local onde haverá um receptáculo contendo instruções de onde estarão suas respectivas armas, e para lá deverão se dirigir no intuito de armarem-se.

 

As armas serão entregues aos respectivos donos, somente através da apresentação de uma ficha que será ofertada pela organização (o mesmo numero da comanda de consumo de cada um) , e a partir desse ponto deverão dar continuidade a próxima missão, que será “paga” através de nova instrução a ser apresentada para o líder da equipe (um PMC) nesse mesmo local, portanto, o perímetro tem que ser guardado ate que o líder ali chegue, arme-se, e tome ciência da próxima missão.

 

Comitentemente haverá uma força inimiga insurgente patrulhando todo o campo, devidamente armados e cumprindo missões paralelas sequenciais, a serem informadas no briefing.

 

Portanto senhores, para essa missão, táticas de orientação, deslocamento, condução de vip e organização são fundamentais.

 

Joguem limpo, tenham honra, respeitem as regras básicas do Real Action, se morrer saia do jogo, se for ferido chame pelo medico, agindo assim, a cada vez que for eliminado ou ferido, você deve resultar isso como aprendizado, e assim você buscará superação e sera um operador melhor.

 

Jogue taticamente, pratique no CTTR.

Highslide for Wordpress Plugin